F2J sedia mutirão gratuito para prevenção de doenças cardiovasculares

A ação, que acontecerá nos dias 15 e 29 de setembro, a partir das 8 horas, oferece medição de pressão arterial, teste de glicemia e outros serviços [...]

A Faculdade 2 de Julho vai sediar um  mutirão de atendimento gratuito para a prevenção de doenças cardiovasculares. Intitulada “Mutirão de Prevenção a Doenças do Coração”, a atividade vai acontecer em dois sábados (dias 15 e 29 de setembro),  a partir das 8 horas até o meio da tarde, na sede da instituição, localizada na Avenida Leovigildo Filgueiras, Garcia. Serão oferecidos serviços como medição de pressão arterial, glicemia e eletrocardiograma, além da entrevista para o início de diagnóstico (anamnese).

A ação é um pré-evento do XII Congresso Brasileiro de Cardiologia Intensiva (XII Intesicardio). O congresso vai  acontecer em Salvador no mês de outubro.

“A F2J realizará essa ação social voltada para colaboradores, estudantes e também para a comunidade externa, especialmente a do Garcia, onde estamos localizados. É nossa responsabilidade social promover eventos como esse”, afirma o professor Marcos Baruch Portela, diretor geral da Fundação 2 de Julho, entidade mantenedora da faculdade e do Colégio 2 de Julho.

O diretor geral da Fundação 2 de Julho,  Marcos Baruch Portela, ressalta o dever da instituição de promover  ações sociais

Com o objetivo de alcançar o maior número de pessoas, a instituição está promovendo o evento através das mídias digitais,gerenciadas pela F2J, e também através de parceria para alcançar o público externo. “A divulgação interna está sendo realizada através do nosso site, nas instalações da F2J e por meio de cartazes, mas também é presente externamente, por parte do nosso parceiro, o médico Mário Abreu”, aponta o diretor geral.

Formação 

A Faculdade 2 de Julho vem oferecendo cursos de extensão na área de ciências da saúde, como Bioética aplicada ao atendimento de emergências; Farmacologia básica aplicada em emergências cardiológicas e Anatomia humana aplicada a emergências cardiológicas. Atividades como o mutirão aproxima o ensino da atuação comunitária.

“A F2J não pode ficar limitada ao seu espaço. A faculdade é uma instituição de 18 anos e deve interagir com a comunidade. Desta forma reforçamos a nossa responsabilidade para capacitar os estudantes e torná-los profissionais que saibam contribuir socialmente”, acrescenta o professor Marcos Baruch. 

Para saber mais sobre os cursos de extensão em saúde oferecidos pela Faculdade 2 de Julho clique aqui.  

 

Send this to a friend