Competências foram destaque no penúltimo LabLíder

LabLider finaliza atividades no próximo sábado (01/06) [...]

O terceiro encontro do Laboratório de Liderança (LabLíder), aconteceu na manhã do último sábado, 25. O projeto que é parte complementar do curso de Administração da Faculdade 2 de Julho (F2J), contou com presenças de profissionais de diversas áreas, entre elas, Comunicação, Direito e Engenharia, e explorou a importância da comunicação, a consciência e as competências da formação de um líder, abordando o auto-conhecimento e auto-desenvolvimento. 

O Laboratório teve as participações de Efson Lima, coordenador do Núcleo de Pós-graduação, Pesquisa e extensão da F2J, da jornalista, doutora em Antropologia e professora da instituição Cleidiana Ramos, de Marcus Fabrício Oliveira, especialista na área de comercialização e a Máster Coach de Carreira e Vida, coordenadora dos cursos de Gestão de Pessoas na F2J, Vera Lúcia dos Santos.     Os novos caminhos de liderança em comunicação na era da revolução digital, foi o tema apresentado pela professora Cleidiana Ramos, que destacou a importância do líder manter-se antenado as novas mídias, não ter preconceitos, não subestimar a capacidade e nem ter uma visão deslumbrada sobre as inovações tecnológicas do mercado. A professora falou sobre o uso das as ferramentas Whatsapp e Facebook, como exemplo no auxílio da comunicação dentro e fora das corporações. “Deve-se ter ciência dos ruídos, afinal são plataformas com possibilidades em transformação constante”, reiterou

A professora e coordenador da curso de pós-graduação em Assessoria de Comunicação, Cleidiana Ramos, falou sobre liderança na comunicação.

O consultor Marcus Oliveira palestrou sobre a liderança consciente nas organizações, a importância do cooperativismo, associativismo e redes de cooperação solidária para facilitar o acesso às soluções com propósitos sociais e ambientais. “Em um mundo em constantes transformações climáticas, políticas, econômicas, revoluções tecnológicas e de acordo com a realidade dos liderados, é fundamental que lideranças sejam adaptadas a novas realidades conceituais”, complementou.  

O ciclo de debates encerrou com a contribuição da Master Coach Vera Lúcia especificando as competências, planejamento de ações e interferências que atrapalham o processo para a formação de um líder transformacional. “A competência comunicativa é fundamental para a característica de um bom líder, 93% dela é não verbal, o corpo fala, nossas atitudes falam. Eu não preciso da fala, da escrita, meu exemplo já faz liderança”, explicou. 

A professora Vera Lúcia Santos ao lado do participante Geison Morais.

A última etapa do LabLíder acontece no próximo sábado (01/06) e é uma excelente oportunidade para os participantes trocarem experiências e incrementar seu network. Como é o caso da graduanda de Direito da instituição, Sônia Lima, que fez questão que seu marido, o bancário José Lima, participasse. “Conhecer e utilizar as ferramentas para a construção de um líder é essencial. Toda experiência é válida. Aproveito os encontros para colocar em prática”, disse a estudante. 

Send this to a friend