Prática de exercício previne doenças no coração

Muitas pesquisas têm focado a grande contribuição que o exercício regular pode oferecer para evitar a complicação e vários distúrbios graves, como doença coronariana, altos níveis de colesterol, pressão alta e diabetes tipo 2. [...]

Muitas pesquisas têm focado a grande contribuição que o exercício regular pode oferecer para evitar a complicação e vários distúrbios graves, como doença coronariana, altos níveis de colesterol, pressão alta e diabetes tipo 2. Em 80% dos casos, a doença coronariana poderia ser evitada com simples mudanças no estilo de vida, por exemplo, exercitando-se mais.

Doenças do sistema cardiovascular são a causa número um de mortes no mundo, as taxas de mortalidade por doença coronariana estão bastante relacionadas ao estilo de vida, dieta, fumo e sedentarismo e a inatividade física são fatores que contribuem de forma significativa para a doença cardíaca.

Medindo a pressão arterial – A pressão arterial é medida em milímetros de mercúrio (mmHg). Os médicos fazem duas leituras: pressão sistólica, ou máxima, e diastólica, ou mínima. Níveis altos podem indicar um elevado risco de doença cardíaca e de outras enfermidades.

Normal – de 120/80 a 129/85

Normal alta – de 130/85 a 139/89

Alta – 140/90 ou acima

Muito alta – 180/110 ou acima

Baixa/hipotensão – Qualquer valor abaixo de 120/80. Não costuma ser um problema, a menos que cause desmaio ou tontura.

 

Fonte: Livro “Exercício e sua saúde”. Editora: Reader´s Digest

ASCOM/APM

08.06.2017