Últimos dias para participar da Avaliação Institucional no Portal do Aluno.

Alunos de Jornalismo e Propaganda e Marketing da F2J marcam presença no Sinparty

O evento aconteceu na última sexta-feira (11), na Arena Fonte Nova. [...]

Alunos de Jornalismo e Propaganda e Marketing da Faculdade 2 de Julho marcaram presença no SINPARTY, evento que nasce com o compromisso em colaborar na formação dos futuros comunicólogos, apresentando referências no desafiador mercado de trabalho global.

Alunos de "Propaganda e Marketing" e "Jornalismo"
Alunos de “Propaganda e Marketing” e “Jornalismo”

Foi um aperitivo de cases da mais importante premiação do mundo em publicidade, o “Cannes Lions International Festival of Creativity” que ocorreu em maio deste ano.  Realizado pelo Sindicato das Agências de Propaganda (SINAPRO-Bahia) e pela Federação Nacional das Agências  de Propaganda (FENAPRO) o evento apresentou as principais premiações inovadoras e criativas em comunicação em Cannes com Alexis Pagliarini, diretor superintendente da FENAPRO. Reuniu referencias como Gabriela Comazzetto, diretora de vendas do Twitter, Álvaro Rodrigues, presidente da Associação Brasileira de Propaganda (ABP), Ana Carolina Monteiro, da agência “Com Inteligência Digital” e Gustavo Queiroz, presidente do SINAPRO-Bahia.

Da Esquerda para Direita: Gabriella Comazzetto (Twitter), Álvaro Rodrigues (Presidente da ABP), Gustavo Queiroz (Presidente do SINAPRO-BA), Ana Carolina (COM Inteligência Digital) e Alexis Pagliarini (FENAPRO)
Da Esquerda para Direita: Gabriella Comazzetto (Twitter), Álvaro Rodrigues (Presidente da ABP), Gustavo Queiroz (Presidente do SINAPRO-BA), Ana Carolina (COM Inteligência Digital) e Alexis Pagliarini (FENAPRO)

Com 25 leões em Cannes Álvaro Rodrigues, presidente da ABP destacou que o ineditismo o frescor e a criatividade dão a tônica em Cannes. E alertou: “não faz mais qualquer sentido pensar fora do digital”.

A profissional de Marketing, Ana Carolina Monteiro, destacou que os alunos não devem se restringir as referências nacionais para não correr o risco do olhar repetitivo nas criações. Para o estudante pensar estrategicamente digital dão resultados não apenas para o negócio de uma empresa, mas coloca o futuro profissional em um lugar de destaque se o mesmo consegue alinhar tecnologia e marketing.  Esta geração precisa saber lidar também com a insistência, mesmo quando o cliente não tem maturidade para entender a proposta. Revelou que formato das agências estão mudando, os departamentos trabalham e fazem acontecer junto.

”Se está acontecendo no mundo, está acontecendo no Twitter”. Assim,  Gabriela Comazzetto destacou a poder e importância do Twitter no mundo.  Ao apresentar cases premiados em Cannes através do uso do Twitter a palestrante revelou o quanto é possível no mundo digital fazer diferente apenas com 140 caracteres, mesmo sem o budget ideal. Ressaltou que cerca de 3 milhões de pessoas usam o Twitter no Brasil e reforçou que o estudante publicitário precisa ter alma digital.

Coordenadora dos Cursos de Comunicação da Faculdade 2 de Julho, Danila de Jesus questionou sobre os desafios que os cursos de comunicação precisam enfrentar para uma formação diferenciada em um mercado em constante formação.

Para o veterano Álvaro Rodrigues o modelo dos cursos precisam mudar e as instituições de ensino necessitam estar preparadas para a evolução permanente. Distintamente, reforçou: “Não se trata de fazer o aluno dominar toda a tecnologia, mas fazê-lo pensar digitalmente”.

Ana Carolina salientou que nos EUA foram demitidos grandes executivos por não terem mentalidade digital. Isto reflete que as grandes empresas necessitam que seus executivos e diretores façam a convergência midiática, pois pensar ao inverso, é não ter a possibilidade de enxergar novas fontes de renda para o negócio.

Para o diretor da Fenapro, Alexis Pagliarrini os ciclos de mudança são curtos e as instituições de ensino também tem dificuldade com os trâmites do MEC. “Pensar digital não é pensar no futuro, mas falar do presente”- aconselhou.